Humaniza Azul.png

Persona, você já conhece a sua?



Quando se fala em venda, campanhas de marketing, estratégias de negócios, é bom ter sempre em mente que ela deve ser direcionada a um público específico, para que tenha um bom resultado.

Conhecer a persona da sua empresa, marca, ou negócio é o ponto chave para o sucesso das suas campanhas. Saber com quem falar e de que maneira se dirigir, pode ser o pulo do gato para sua estratégia de marketing de venda.

Porém, muitas pessoas podem estar se perguntado: Persona? O que é isso? Como faço para defini-la?

Calma, isso não é um bicho- papão e determiná-la pode ser mais simples do que você imagina.


Então, vamos por partes.


Persona é a personificação fictícia do cliente ideal, do grupo que a empresa quer atingir ou atrair. É a pessoa que vai consumir seu conteúdo, vai se sentir atraído por aquilo que você vende ou entrega. Não um cliente aleatório. É aquela pessoa que você sabe que entende a sua marca e que se sente atraída pelo seu tipo de negócio.

Mas, como saber qual é a sua persona?

Um dos melhores canais para chegar a essa pessoa específica é fazer uma pesquisa com seus clientes, conversar e entender suas características, motivações, anseios e gostos. A persona tem que ser o “cara” para a sua empresa.

Se você já tem uma base de clientes, fica bem mais fácil de chegar a essa pessoa. Monte uma pesquisa que te mostre todas as preferências e informações importantes. Pense nos seus clientes, seu tipo de negócio ou serviço e você conseguirá delimitar melhor quem você quer atingir.


E quais informações devo recolher para montar esse perfil?


Algumas informações básicas são importantíssimas para essa caracterização, por isso, aí vão algumas dicas:

- Idade – através dessa informação você consegue saber qual a idade ideal da sua persona e fazer toda sua estratégia voltada para linguagem daquele público.

- Nível de instrução – seu público é formado? Se sim, em qual área?

- Hábitos – Quais hábitos seu cliente tem? Gosta de ler, ir a praia, fazer esportes, fazer lazer com a família?

- Hábitos de compra – seu cliente compra mais online? Que tipo de produto ele consome e com que frequência? Quais os canais ele utiliza para comprar e onde ele busca essas informações?

- Quem o influencia e como consome conteúdo – seu cliente é influenciado por quem? Ele busca informações através de site, canais de buscas, influenciadores ou notícias?


Com essas informações em mãos, você começa a delimitar quais os seus grupos de clientes.

Dentre os grupos selecionados, você começa a definir qual deles você quer investir para criar sua persona e assim começar a estabelecer todas as suas estratégias, lembrando que é importantíssimo definir todos os dados, como nome, idade, endereço, gostos, etnia, hobbies etc. Quanto mais detalhada essa persona for, mais precisas serão suas abordagens.


Por exemplo, depois de analisar todos os perfis e respostas você chegou às seguintes características para montar o perfil da sua persona:

Mulher, 37 anos, casada, mãe de 2 filhos, advogada, gosta de viajar, gosta de praia, é adepta ao surf e uma ávida consumidora de livros.


Agora só falta um passo, dar um nome a essa pessoa, então: Joana, tem 37 anos, é casada e tem 2 filhos. Advogada, gosta de viajar, ir a praia, é adepta ao surf e uma ávida consumidora de livros. Pronto, sua persona está montada!


Agora, é só pensar toda sua campanha, linguagem, promoções, e estratégia voltadas à Joana e colher os frutos dessa parceria incrível.